Gripe, Resfriado e Crises de Rinite - Daniela Alves
Referências
26 de setembro de 2016
Nutrientes de uma salada
28 de outubro de 2016

Gripe, Resfriado e Crises de Rinite

Gripe, Resfriado e Crises de Rinite

Essas três condições causam muita confusão entre os pacientes e não é para menos, são condições diferentes com sintomas muito parecidos.

Todos acabam cursando com congestão nasal, espirros, prurido nasal e/ou ocular, secreção mucosa e algum grau de indisposição.

A gripe é uma infecção viral, geralmente causada pelo Influenza A e por conta dele é que a vacina H1N1 está disponível todo fim de outono para os pacientes com mais de 60 anos e para alguns grupos especiais (crianças, gestantes ou pacientes com comorbidades).

A Gripe costuma cursar com febre alta, dores pelo corpo e dores articulares. Uma das complicações mais importantes é a Pneumonia que pode ser viral ou evoluir para bacteriana.

A Gripe, se diagnosticada com até 36 horas de sintomas (muito difícil de acontecer) pode se beneficiar do uso de uma medicação que reduz a replicação viral, mas não vai impedir a doença de se estabelecer. O tratamento é com sintomáticos, repouso e hidratação. Em 7 dias, se não houver complicações o quadro estará resolvido.

O resfriado tem sintomas semelhantes, porém menos intensos. Pode ser causado por inúmeros vírus: Rinovírus, Parainfluenza, Coronavírus, Adenovírus, Vírus Sincicial Respiratório – entre outros. Os sintomas surgem de 24 h à 72 h após o transmissão do vírus. Costuma durar de 5 a 7 dias, porém em 25% dos casos, os sintomas persistem por até 2 semanas. A maioria das pessoas apresenta de 3 a 5 quadros de resfriado por ano. O tratamento é apenas com repouso e sintomáticos.

A Crise de Rinite ocorre geralmente naqueles pacientes que já sabem ser portadores de Rinite Alérgica (lembrando que 80% dos pacientes com Rinite precisam ficar atentos pois podem ter um quadro de Asma incipiente) e geralmente é desencadeada pelo contato com algum alérgeno inalado: pó, poeira, produtos de limpeza, exposição a alguma fumaça ou mesmo uma infecção viral como gripe ou resfriado. O tratamento básico da Rinite é feito com corticóide nasal e anti-histamínico, o que deve amenizar os sintomas, mas existe necessidade de se afastar do alérgeno que causou a crise e de se estar atento às complicações infecciosas.

Agende sua consulta