Medicina Integrativa - Daniela Alves

Medicina Integrativa

A Medicina Integrativa, como já citado em outros locais desse site, ainda não é uma Especialidade Médica reconhecida no Brasil. Minha formação em Medicina Integrativa se deu como Fellow da Turma de Fevereiro de 2019 do hoje renomeado Andrew Weil Center for Integrative Medicine – AWCIM (até então, Arizona Center for Integrative Medicine – AzCIM).

E porque renomeado? Foi uma homenagem ao seu fundador, Dr. Andrew Weil, que em comemoração aos 25 anos de existência do AzCIM fez uma doação de 15 milhões de dólares como um marco em sua carreira e com o objetivo de expansão do Centro tanto em sua estrutura física quanto no seu legado em levar a Medicina Integrativa bem fundamentada a todos os cantos do mundo.

Vale a pena assistir aos 2 minutos de vídeo, onde Dr. Weil explica sobre os fundamentos dessa Medicina que acaba de completar um quarto de século.

O Andrew Weil Center for Integrative Medicine define a Medicina Integrativa como uma abordagem orientada para um sentido mais amplo de tratamento e manejo, principalmente de doenças crônicas, que foca no paciente como um todo e inclui todos os aspectos do seu estilo de vida na avaliação médica. Há uma ênfase na relação entre o paciente e o médico, e uma combinação de tratamentos convencionais consagrados pela medicina baseada em evidências com terapias complementares cuja a segurança e eficácia tenham sido cientificamente comprovadas. Existe uma parceria terapêutica muito importante, onde o paciente reassume uma posição de comando de sua saúde e todas as decisões são compartilhadas entre cuidado e cuidador.

Outro ponto fundamental, é a relação entre a mente e o corpo, e a valorização do meio em que vivemos nos nossos sintomas físicos. Hoje, a Medicina Integrativa já está presente em vários centros universitários americanos. Neste link, pode-se ter uma ideia de quantas universidades estão aderindo e acrescentando Medicina Integrativa aos seus currículos. Nesses dois anos de estudos intensos, que culminaram com a minha graduação em 14 de fevereiro de 2019, e que agora seguem com vários programas de educação continuada, minha intenção é trazer para meus pacientes o que existe de mais atual nessa nova abordagem em Medicina.

São princípios da Medicina Integrativa:

  1. O paciente e o médico são parceiros e corresponsáveis na busca da resolução do problema, do processo de cura da doença ou do controle dos sintomas. O paciente é o agente principal no processo, ele deixa de receber passivamente o tratamento para uma doença e passa a participar ativamente da própria saúde;
  2. Todos os fatores que influenciam a saúde, doença e bem-estar, são levados em consideração, incluindo corpo (alimentação, atividade física e sono reparador), mente, espirito e inserção na comunidade (bem comum);
  3. É uma consulta médica completa, como outra qualquer, em que se estabelece um quadro atual do paciente e se discute a melhor abordagem diagnóstica e terapêutica baseado no uso apropriado da medicina convencional, baseada em evidências, e terapias alternativas com comprovação científica que possam ajudar a cada caso em particular;
  4. As intervenções naturais e menos invasivas – principalmente a mudança no estilo de vida, devem sempre tentadas inicialmente, quando possível;
  5. A Medicina Integrativa não rejeita a medicina convencional bem como não aceita todas as terapias alternativas – existe um senso crítico;
  6. A boa medicina é baseada em boa ciência, apenas precisamos estar alertas, receptivos e com a mente aberta para reavaliar alguns paradigmas e absorver novos conceitos;
  7. Além do conceito de tratamento de uma situação em particular, paralelamente, todos os conceitos de bem-estar físico e mental, prevenção e promoção da saúde são fundamentais;
  8. Os médicos que praticam a Medicina Integrativa devem dar exemplo na condução de sua própria saúde e devem sempre estarem comprometidos com a auto-descoberta, o auto-desenvolvimento e principalmente auto-cuidado.

Se você quiser saber onde encontrar médicos com formação em Medicina Integrativa pelo AWCIM, pode utilizar essa ferramenta de busca

Saiba mais sobre Medicina Integrativa no site do AWCIM

Quer saber mais? Acesse o nosso Blog!

Dra. Daniela é natural de Criciúma, no sul do estado de Santa Catarina.

Fez toda a sua formação médica em Florianópolis: 6 anos de Faculdade de Medicina na Universidade Federal de Santa Catarina - USFC e 5 anos de Residência Médica (Clinica Médica, Pneumologia e Medicina Intensiva) no Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Tiago, da USFC.

Pós Graduada em Nutrologia Funcional pela Faculdade Campos Elíseos/CNNutro2017/Associação Brasileira de Nutrologia.

International Board of Lifestyle Medicine Certified Physician.

Graduated Fellow em Integrative Medicine, pelo AWCIM - Andrew Weil Center for Integrative Medicine.

The Institute for Functional Medicine Certified Practitioner (IFMCP).

Mora e tem seu consultório em Brusque desde 2003 e desde 2016 com Consultório em Florianópolis, que se tornou o berço de um projeto antigo: Promover Saúde!!


Conheça mais sobre a Dra. Daniela