Covid Longa e Equilíbrio - Daniela Alves
Covid Longa: sintomas físicos, mentais e psicológicos
30 de março de 2021
Micronutrientes: Suplementar?
16 de abril de 2021

Covid Longa e Equilíbrio

Achei interessante um artigo publicado em janeiro de 2021, que fala sobre um dos aspectos da “Covid Longa” – que é a Síndrome que se estabelece em alguns pacientes, principalmente naqueles que tiveram uma forma mais grave de Covid-19. Essa Síndrome se instala após 3 semanas do fim do isolamento padrão de 10 dias (até 3 semanas é ainda considerada como a doença em remissão) e pode durar por semanas ou mesmo por meses.

Vamos falar de seus sintomas relacionados com o Sistema Nervoso Autônomo (SNA) – aquele que executa ações alheias à nossa vontade, como a respiração, circulação do sangue, controle de temperatura, digestão e equilíbrio – e no caso específico vamos falar da vertigem e dos distúrbios do equilíbrio, que além de serem muito comuns deixam o paciente muito preocupado.

Essa alteração do equilíbrio pode estar ligada tanto ao vírus quanto à resposta imunológica exacerbada que o vírus desencadeia.

Foi levantada a hipótese de que a infecção por Covid-19 afeta o SNA e que a relação entre os dois é complexa: a tempestade de citocinas do Covid-19 resulta em ativação simpática induzindo a liberação de mais citocinas pró-inflamatórias. Formando um ciclo vicioso.

Outra hipótese é de que a disfunção autonômica relacionada a Covid-19 pode ser mediada pelo próprio vírus. Síndromes neurológicas imunomediadas já foram descritas e também já está bem estabelecido que distúrbios autonômicos como Hipotensão Postural, Síndrome Vaso-Vagal e Síndrome da Taquicardia Ortostática estão associados a auto-anticorpos.

Então, como podemos ajudar a resolver o problema?

  • Educação: A explicação e o entendimento são o ponto principal no tratamento das síndromes de intolerância ortostática. Gerenciar a incerteza associada ao Covid-19 e explicar as mudanças fisiológicas que aconteceram pode tranquilizar o paciente de que seus sintomas não são imaginários ou estranhos;
  • Atividade Física: Após o exame médico, o ideal é seguir um programa regular de exercícios estruturados com elementos aeróbicos e de resistência. Como a posição vertical pode ser problemática, exercícios não eretos, como andar de bicicleta em uma bicicleta ergométrica reclinada e nadar, são boas opções;
  • Reposição de líquidos e sal: Garantir a reposição de fluidos (2–3 litros de água por dia e evitar cafeína e álcool) e garantir uma a duas gramas a mais de sal por dia ajuda a manter o volume plasmático e evitar a hipovolemia;
  • Evitar situações desencadeadores de sintomas: Principalmente os movimentos bruscos;
  • Exercício isométricos: Aumentam o retorno venoso e reduzem as alterações bruscas na pressão arterial;
  • Tratamento farmacológico: quando necessários são geralmente conduzidos por um neurologista e/ou cardiologista;

A vertigem é um sinal e sintoma clínico que se não abordado corretamente piora e muito outro grande problema da Covid Longa: ansiedade, depressão e o transtorno do stress pós-traumático.A Saúde Mental é sem dúvida a grande Pandemia dentro da Pandemia.

×